os ramais da temperança

a inocência habita no centro dos meus desenganos estimulando os clamores da vanglória ao repercutir as danças que o rigor sentenciou num leito alongado pelo meu pensamento.

Género: