Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

poemas da razão

revolvo a mente para capturar as suas protuberantes avaliações quando investigo as querelas mundanas e os seus brados furibundos; quando patenteio o aparato que inflama a opinião geral e os seus desempenhos elucidativos.

Género: