Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

poemas da razão

estrondeiam as palavras para devolverem o fôlego ao trovador; para suprimirem o pranto que se acumula na sua bagagem; para dilatarem a sua preciosa liberdade na orla duma estrutura que o atormenta.

Género: