a recuperação do ardor

quero destruir os afetos que me descontentam através dos meus lampejos habituais; quero requisitar os fertilizantes que me consentem prosseguir no mercado da sobrevivência; quero suprimir os timoneiros que executam as ideologias e ajuizar a desdita de viver num mundo em competição.

Género: