a recuperação do ardor

recolho os fardos do mundo para os examinar na minha poesia dirigindo a imaginação através das coloridas veias do meu paraíso interior até um quadro perene onde possa exibir a nascente de todos os meus anseios.

Género: