um palácio transcendental

eu escavo a pronúncia lusitana com uma avidez que esvoeja da memória através de intuições que transparecem duma festa trivial onde os vocábulos irrompem duma janela íntima.

Género: