Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Ao Suicida...

Eu me olhava no espelho
E já esperava há muito tempo
Por um tal de recomeço
Que eu nem sabia mais!...
Como um pássaro da cidade
Buscando minha liberdade
Atingindo maturidade
No Fosso da realidade.
O mundo e sua moda,
Do dinheiro, jorra sangue!
Ao suicida, dão a corda
E a pobreza só se expande...
Tentar é o primeiro grande passo do querer
Mas mora em ti
A vontade de fazer acontecer...
Género: 

Comentários

Taty Vasconcelos's picture

Belo texto!