Borboleteando

No voo sórdido

de borboletas aporrinhadas.

Vejo-me bonita.



Suspirando de olhos abertos.

Desprezando a desgraça humana.

Sonhando com os pés no chão.



Faço-me de estrela.

De noiva doente.

De mulher insensível.



Bebo o amargo da vida.

Beijo lábios rasgados.

Trepo em fevereiro com santos impuros.



Viro-me do avesso.

Faço-me de morta.

Encontro-me louca pisando em teu solo.

Género: 
Você votou 'Não gosto'.