Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

a falésia desmedida

arremesso a poesia sobre o eixo da mundanidade porque os cardos da minha lembrança transpuseram o fanatismo para que eu saciasse os meus desejos urgentes; porque a vida estoirou no meu peito para que eu imbuísse as minhas metáforas na alma dos leitores.

Género: