Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

A HÓSTIA

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

Hoje li um poema
Como quem toma uma hóstia.

Nem sempre a poesia – tal qual a vida –
Possui este arrebatamento transcendental.

Sei que existe magia em meu redor,
Mas ela não está sempre disponível para mim.

A minha cabeça está pouco tempo livre
E no meu ser manifesta-se esta incapacidade:

Umas vezes, quero e não posso;
Noutras, posso mas não me predisponho…

E a vida arrasta-se num somatório de promessas adiadas!

Quando a oportunidade se apresenta
O Homem deve desfrutar e conhecer-se um pouco mais.

Hoje li um poema encantador
E senti-me abençoado pelas palavras…

… Como quem comunga o Corpo de Cristo.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

05.01.2010, Henricabilio

Género: 

Comentários

Bom ser abençoado pelos poemas maravilhosos que lemos. Que bom que voltou, senti falta de seus escritos e sua presença aqui. saudações

 

Um grande abraço Abilio.

Uma boa Páscoa para si e para todos os seus.

João Murty

yes