Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Instante fugaz

 

 

E porque a hora é cansaço;
o passo é pensativo
e a estrada é lenta.
A natureza  num sublime saber
dedilha nas cordas do vento
secando o suor e acalmando as veias
do homem e do animal,
que em silêncio
e de passo pensativo
pela estrada lenta
vivem
os detalhes do retorno ao lar
como quem agarra a vida
na hora do descanso...
É o instante fugaz
entre a labuta cumprida
e a que está por cumprir.
 
Fernanda R. Mesquita
 
 
 
 
(ilustrado por mim, pintado a acrílico)
 
 
Género: 

Comentários

Muito obrigado Pedro. Força e felicidades!

Um poema que dá alma à pintura.

Ou

Uma pintura que concebeu um poema!

João Murty

Muito obrigado meu amigo João Murty.

Belíssimo poetisa! Parabéns!

Abraços!