O Sonho Pesa No Pobre.

É difícil elevar o sorriso
pra um sorriso de felicidade
Quando a pressão segue a rigidez
e alucina a morbidez da cidade!
É fácil correr o risco. 
Mais fácil ainda é morrer.
E é com outros olhos
Que se enxerga a bondade. 
Pelas ruas, sobrevive só 
Quem não tem a ingenuidade.
Tem gente querendo se aproveitar
por todos os cantos!
por todos os cantos
tem gente chorando em prantos.
Gente contando dinheiro
Gente batendo cabeça!
O mês é longo pra quem batalha 
pra que tudo aconteça. 
É difícil o pobre viver pra sonhar
porque sonhar pesa 
no pobre.
Fácil é ver o pobre perder
e esperar a vez sem saber
se na próxima vai ganhar na sorte.
Todo dia tem pobre se humilhando pra valer!...
Basta olhar e ver. 
Nesse caos superlotado diário
quanto peixe não tem água no aquário... 
É puta, é multa, é luta!
É bunda, é bola, é gola! 
É moda, a ganja é foda. 
É roda, e o povo entra.
É festa e o povo sai... 
E o penetra assassino 
só despensa a farra grátis
Porque esse tipo de país lhe distrai:
muito retrógrado, e verdadeiro. 
Talvez esquecido.
Cinza de cinzeiro...
 
Mandaram uma resposta
com protestos fracos
em prol de uma evolução
que não passa de sonho de gente.
Gente que devia parar
E pensar...
É fácil matar a serpente,
difícil mesmo é plantar a semente!
É fácil dissipar a violência
difícil é preservar
a nossa existência...
Género: 
Você votou 'Gosto'.

Comentários

iraduu!smiley

Valeuu cheeky