Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Olho com o vento

No meio do campo vejo a cidade, lembro-me da juventude e o passado; mãos doridas e pele rija, sentindo toda a mocidade. Lembro-me das conversas da minha e dos outros, seguindo as fileiras de terra e pedra onde fora lavrado. Lembro-me no fim do dia alaranjado cavalos e potros, agora da cidade olho com o vento; vejo o que resta do campo esquecido, quando penso no tempo passado.

Género: