os ramais da temperança

sufrago a minha alma num cortejo que esquenta a virtude e desanca a tristeza; que derriba os rótulos da familiaridade inovando a beleza que ondula na solidão; que marcha contra o tédio transportando o vigor e a fulgurância.

Género: