os ramais da temperança

recrio os verdes anos sempre que as suas contusões saltitam num claustro mitigando a alegria em viver; e sempre que os seus sinais incentivam a reflexão nas dobradiças duma morte prefigurada.

Género: