os ramais da temperança

as minhas emoções atravessam uma flor plantada num recanto da minha consciência para que o meu entendimento possa resistir às intempéries que acossam a minha taciturnidade gerando a desolação no percurso lancinante do mundanismo.

Género: