Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

As Palavras....

 

As palavras... ( rastilhos invisiveis na Alma), por vezes inadvertidamente ateados no arrependimento de quem as profere, e demasiadamente crueis na intenção daqueles que querem magoar, ferir e menosprezar... As palavras ( mensagens seladas no Ego), com destinatários aleatóriamente colocados no nosso trajecto, liberdades cruzadas, muros derrubados, comunicação alienígena... As palavras...( projécteis que cruzam o espaço), na intenção levam a morte, ou um carinho por vezes sentido... As palavras...( no fundo não sendo mais nada)... são anjos que voam sem asas, são magia que icendeias nos outros, golpes em aço temperado, mentiras e devaneios, algumas verdades enclausuradas... a construção de uma personalidade desclarificada, e por vezes o vazio...mais nada. Palavras, não as entreguem sem certeza... no nada... falem-nas apenas na Alma.

Tenho uma dor Anciã...que não consigo explicar.

 

Luis Ginja

Género: