Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

poemas da razão

num farol guardo o bulício do meu genuíno existir onde uma trouxa se desdobrou em múltiplos achaques; onde a tristeza concebeu os seus conselhos sob o manto dum ideal; onde manobrei os impulsos ao integrar na alma o meu desejo de harmonia.

Género: