Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

poemas da razão

luto contra os vexames que escorrem das nossas palavras; que transformam o nosso quotidiano num insulto permanente; que exprimem a urgência duma afirmação mórbida corroborada pelos dilemas da nossa existência infernal.

Género: