Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

poemas da razão

inventam-se subterfúgios que geram esperanças que não existem nas crónicas benevolentes da humanidade; ou transfere-se para as atoardas a violência que humilha os servidores desta vida dissonante.

Género: