Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

poemas da razão

estabeleço-me nos sustentáculos da vida para remodelar os lugares onde persisti burlado pela insana convivência; e para fortalecer os desígnios da minha solidão através das regras austeras que inventei.

Género: