Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

poemas da razão

o medo de perder a minha estrutura ríspida para transfigurar a dor em fragmentos acidulados de desafeição; de acolher o cardápio da subsistência para enxugar a seiva embriagante da poesia; de pôr os meus devaneios nas mãos da sobeja hediondez.

Género: