Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Sorriso

Se eu olhar para o céu a noite posso as estrelas contar!
Contarei as graúdas,
Espero que mesmo uma pequena venha
Meu sorriso pálido iluminar!
Mas é nas noites de chuvas diluvianas ,
Que minhas lágrimas nas enxurradas posso guardar !
Mais sei que a tristeza logo passará
Conto tempo num relógio analógico
Para a pior hora não me acompanhar !
O que apetece o coração de poeta
Vale sempre a pena frisar:
E muita emoção sempre
Ao seu lado caminhar!

Género: