Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Suspiros

E com apenas uma brisa

Divagou pelo tempo

Não porque fosse leve como uma pena

Mas porque estas correntes

São o que nos ordena e condena

 

A dura realidade que nos afunda

Suspira-nos ao ouvido aquelas melancólicas brisas

Arrepia-nos e desperta-nos sensações confusas

Faz-nos apaixonar por doces fantasias

Falsas cantigas cantadas por distantes Musas

Se ao menos as melodias abrissem estas correntes que me afundam para esta dura realidade

Ai se esses suspiros que me arrepiam fossem Verdade.

Género: