TRAÇOS



“ Os traços perderam-se no caminho
posto que no começo era forte o tom
ao final, via-se apenas o pergaminho
e foi apagando também a saudade
antes raridade, brilhante
agora apenas um eco distante
seus aços mataram tudo 
os passos o seguiram 
até o horizonte desaparecer
o seu cheiro foi sumindo, 
quase sem querer
morreu dia após dia, sentimento e paixão
semelhante aos compassos finais da música
definharam
os traços hoje são inexpressivos 
apenas deixaram a dúvida do que realmente se viu
se tudo fora miragem
ou faltara coragem
de entender que você nunca chegou, 
nem partiu
e na verdade foi apenas um sonho
que nunca existiu…
Género: 
Você votou 'Gosto'.