um palácio transcendental

reclamaram as almas decadentes quando exercitei a minha loucura nas serranias da solidão; quando a adversidade me entalhou nas frívolas jornadas do passado; quando lamentei aqueles que degeneraram quando se estabeleceram na álgida estrutura.

Género: