um palácio transcendental

abomino aqueles que poluem a alma dos seguidores transformando a sua roupagem em farrapos de ignomínia; que envergonham quando conjeturam advertências que incluem um veneno muito antigo; que estonteiam quando renovam as suas homilias em catedrais falsamente redentoras.

Género: