Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Memórias

Não sei porquê tenho hábito de, de alguma forma, arquivar todos os momentos passados que alguma coisa significaram. Quando os observo não posso deixar de notar o quão as pessoas são voláteis na sua opinião, o quão curto é o “para sempre” e que as promessas não são nada mais nada menos que “compromissos para não cumprir”…

 

Tantas vezes estive tão perto...

Género: 
Você votou 'Não gosto'.

Comentários

Tudo é efémero na vida. Os ciclos sucedem o processo de evolução deve decantar algum eruditismo. A honra e a dignidade so esteios desse processo.

Um abraço

 

João Murty

António Cardoso's picture

Tem toda a razão, amigo João Murty.

Abraço.

MEMÓRIAS... Baú com divisória... Guarda-se coisas ruins e coisas boas...

E isso estão em todas as pessoas.

Gostei! Parabéns!

Beijos!

António Cardoso's picture

Muito obrigado, Nereide.

É verdade, toda a gente tem o seu bloco de memórias.

Beijos e abraços.

Sou eu... Madalena!

Beijos! crying

Sou eu... Madalena!

Beijos! crying você colocou NEREIDE... Tá bom ela merece!

António Cardoso's picture

Peço imensa desculpa Madalena. Eu ontem andava tão ocupado com alguns assuntos da Universidade que devo ter trocado os nomes das respostas que andava a dar.
Peço imensa desculpa.

Abraços.

Isso acontece meu amigo! Amo a NEREIDE! Daria à ela todo mérito se possivel!

Parabéns, você é um  gênio! Do verbo amar... Você é o conteúdo... "O AMOR"

Beijos no  heart

 

António Cardoso's picture

Muito obrigado, Madalena.

Eu sou uma pessoa bastante distraida e tenho uma mania de fazer várias coisas ao mesmo tempo e enquanto penso em outras coisas que tenho de fazer...depois às vezes dá em confusão. Mais uma vez, peço perdão.

Bem...Se eu fosse tão bom a amar como sou a escrever sobre amar, os meus dias seria muito melhores. Mas a seu tempo as coisas darão a volta.

Beijos e Abraços. :)

Você ainda diz distraído? Fazendo várias coisas ao mesmo tempo? Acertei dizendo que és  um gênio!

O amor acontece à seu tempo! E; é maravilhoso!

Beijos!

António Cardoso's picture

Não sei se serei génio, mas muito obrigado, Madalena.

Abraço.