Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Maria Carmo

Para ti criança Autora Maria Carmo

criança é como uma flor
Que aos poucos vai abrindo,
Assim ela vai crescendo
E para nós vai sorrindo.
Sorri com alegria,
Sorri com ternura,
Quando nos dá um beijinho
Ai! Mas que grande doçura!
Toda a criança
que está no mundo,
Por Deus seja abençoada,
Para que um dia já adulta,
Todo o próximo a trate bem
E que ela todos trate bem também.
A criança é pura e bela
Toda ela é Inocência.
Elas precisam dos adultos,

Maria o teu lindo nome

Maria é teu lindo nome. Ai, eu gosto dele Maria. Fiquei preso aos teus olhos Para toda a vida Maria. Com todas aquelas chaves Ai, fechei o teu coração. Pedi-te um beijo Maria Tu não disseste que não. Segunda-feira chegou Ai, eu te fiz uma surpresa. Tive que ir ter contigo Minha alma a ti estava presa. Eu sempre gostei de ti Ai, por nada te deixaria. Gostava de voar contigo Para o Céu algum dia. Juntinhos que bom seria Ai, contigo eu viver No Paraíso Celeste Eternamente a te ver. Deus quis que fosses minha Ai, ó minha linda Maria.

Pages