Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

A Árvore Sem Direção

Calmo vento toca minhas cascas

Feridas mórbidas que só permitem

Fluir

O sentimento que vem de dentro

Da seiva que corre lenta

Do calor que alimenta

Um dia a mais

Buscando encontrar sentido

Em não ter mais coração.

 

Género: