Tristeza

Feridas

Caros leitores,

                           fui lançado num mundo de sofrimento e solidão, pois quem eu acreditava ser meu verdadeiro amor, trocou-me por uma vida vazia de sentimentos bons e cheia de futilidades. Hoje sofro com esta perda e amanhã não saberei ...

 

 

A verdadeira solidão...

A verdadeira solidão,

não é aquela que o olhar alcança

é aquela que o peito denuncia,

e que não se pode pesar na balança...

A verdadeira solidão,

não é a ausência dos demais

é poder estar numa multidão,

e não nos encontrarmos jamais...

É o vazio que habita na alma,

uma tristeza tamanha,

que deixa o peito em ferida,

e que os nossos olhos banha...

A verdadeira solidão,

é a falta de nós em nós,

quando isso acontece,

é que nos sentimos realmente sós...

*** @rtemis ***

Belicismo

Os bélicos da guerra que envolve o mundo a nossa casa, sentado na minha secretária a beber um chá de frutos vermelhos, contacto a matilha e pergunto vamos fazer uma guerra, somos poderosos e o nosso jogo envolve peões, eles são fundamentais para começar a confusão com ajuda do ilusionismo e umas quantas bombas, destabilizamos e imputamos a culpa estrategicamente, os voluntários vão contribuir para as nossas empresas (armas, material de guerra, mascaras do horror e tristeza, vestuário a rigor para um funeral de fantoches, também material de saúde e primeiros socorros que já chegam tarde á de

A Cor Do Hálito

 

 

Da minha boca

Caem petálas em gotas d'alfazemas

da cor que cheira o hálito da Tua nostalgia

tombada e triste

Do alto do baloiço dos Teus cílios

Espalmo as mãos para abraçar-te sois

Mas...

No tumulo da confusa e muda solidão

...Daquela estação sem nome,

Morremos no silêncio sem cor.

 

Ronilda David/Loubah Sofia - Alma Feita De Ti

...

 

Fotografia : Fernanda (in memorian) Hélder Gonçalves - art: Inês Zenha

Amor sem amor

Ela destruiu um alegre coração
amor sem destino, pássaro sem ninho
fuzilou o soldado sem guerra em seu caminho
passou, falso carisma, um trem sem direção

Amor sem carinho acabou em grande ruína!
deixou o soldado já fuzilado em invencível solidão
tantos amigos na batalha, mas o amor de ilusão
nas cartas contava tantas coisas impossiveis ou genuínas:

Sonhos e também o doce coração daquela que amava
brincou na  cama ,teve seus lábios, amor
o enebriante corpo que o melhor perfume exalava

Fragmentos

Fragmentos

 

Sou vitória-régia que se debruça

Sobre lençóis rasos de (m)água

Entre brotos secos aquáticos

Entre secas flores.

 

Sou estrela pulsante que dardeja

No infinito completamente pura

Uns veem a parte que pulsa

Outros sentem a parte que lateja.

 

Sou desejo que murmura

Que sobre a segunda pele respira

Segunda pele de outras mágoas

Segunda pele em meio a fissuras.

 

Só não sou seu par

O ramo de sua raiz

Pages