Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Amor

O amor que sinto por ti
me faz todos os dias pensar em ti
Desde o dia que te vi
Só sinto vontade de estar perto de ti
 
Quando te vejo
lacrimejo 
e a vontade que sinto é dar-te um beijo
 
 a sedução do seu corpo
Está cegar o meu rosto
Um dia ainda me corto
Mando suturar
e o ponto fica exposto
 
percebi hoje uma verdade pura
 atráves da união do sol e da lua
A minha vida será sempre tua
 
Desrespeitei-te minha coroa
desculpa-me por chamar-te de mboa
ao invés de amor
que é fruto da sensação
do meu coração
que atráves de uma simples ilusão
acabou por fazer as coisas envão
 
ooooooooh,
Que amor tão sinsível
e susceptível
de ser vencível
por uma traição terrível

perdoe-me meu amor
tudo que sinto agora é somente dor
ooooooooh, que horror

resta-me continuar esperançoso 
que o seu perdão vai chegar 
o meu coração vai saltar e gritar

Porque falar de mim
Se escrevo por ti
 

Valdemar Marcelo

"O poeta das Neves"

Género: