Amor, sexo com imaginação

Me misturo aos mistérios da noite

Desmistifico, sem medo os gemidos que ecoam

Vejo um espectro sexy caminhando pelo quarto

Com sua lingerie negra, cinta liga

Meias que emolduram o ser

Sinto a silhueta aproximar-se de mim

Seduzindo o meu todo, senta-se no peito

com as rendas roçando o queixo,

Pensei em fazer amor contigo

Sentindo tua mansidão em mim

Tu’alma eu consigo sentir, bem perto daqui

A minha língua invade

Provo o teu saboroso mel... essência

Pureza que vem do céu

Fazes assim esquecer as dores

Os dias mais nublados em que eu vi

Quero, desejo teus dedos úmidos

Deslizando por minha mansidão

Me toca! Seduz-me a alma e o coração!

(DiCello, 15/05/2019)

Género: 
Você votou 'Não gosto'.