Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Apenas

Eu sou um destes filhos no mundo
Sou uma molécula de hidrogênio
Sou duas de oxigênio
No caldeirão de Deus a fervilhar
Com ingredientes que cumprem
O divino prazer
Êxtase e demência
Dos felizes aventurados a temperar
O mundo enquanto viverem
A ebulição cotidiana humana
Que desejam muito mais estarem alimentadas .
Do princípio elementar, do eu apenas .

Género: