Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

ASAS DE DENTRO

Um passarinho pousou
Num galho daquela árvore
Olhava em seu redor
Chilreando e debicando
Entre folhagens de cor

Ouviu um leve ranger
Começou a perceber
A fragilidade do ramo

A confiança inata
Nas asas de que era dono
Ofuscava-lhe o medo
Cruzava-se com a coragem
Passando assim a mensagem
Que dependendo do sítio
Ou do meio envolvente
O poder de levantar
Parte de dentro da gente.

Emília Lamas

Género: