Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

ASSIM SE CASOU A AURORA

                     Houve há dias desfolhada

Na casa do Zé Ninguém,

Foi toda a rapaziada

De lá do Sr. d’ Além

Foram nossos namorados

E raparigas de fora,

E lá faltou a Aurora.

 

Refrão

 

Aurora

Que beleza de mulher,

Ó Que linda rapariga

Por isso todos te querem

Mas tu não vais na cantiga.

 

Quem encontrar um Milho Rei,

Na eira será rainha

Dá um beijo na boquinha

De lá do Sr. d’ Além

Aurora toda ladina

Encontrou o Milho Rei

E foi na eira rainha.

 

                           Quando encontrou o Milho Rei

Aurora até pulou

Deu sinal ao rapazinho

E ele logo a beijou

 

 

Ficaram tão contentes

E tão cheios de alegria,

Desfolharam as espigas

E cantaram todo o dia.

 

                          Assim se casou a aurora

Com o Manel que ela queria

Fizeram uma grande festa

E uma linda romaria.

As pessoas lá da aldeia

Meteram o seu pé de dança Acabou de madrugada tão linda festança

Género: