Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

AUTO-EXAME

 

AUTO-EXAME

 

-escrevo

para quem?

-para o individual eu?

-ou para um leitor anônimo

com meu pseudônimo?

-escrevo

para me afirmar apenas?

-ou a duras penas

externar meus pensamentos

e idéias

e  (re)conhecer-me

num texto não-premeditado?

-escrevo

o que me aturde

me contamina

me contagia?

-ou talvez pretenda mais

que isto

mais que aturdir

contaminar

contagiar

o leitor/receptáculo

de minha fissão vocabular?

-escrevo

para me transportar

ao sim-lugar da consciência

ou para me adequar

ao não-lugar do delírio?

escrevo

-isso sei-

só não desconheço os reflexos

de sua constante ação

em mim:

-transmutação...

 

Género: