Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Canção de extermínio

Meu cântico ao meu ódio
Donde canta minha morte
Brindo seu sangue ao pódio
Na sede de minha sorte

Os inimigos decaem
E o carrasco vai subindo
Secando minha lavagem
Das águas dos fracos ínfimos

 

Género: