Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Christus factus est pro nobis

Da garganta emerge o senhor,
Das cruzes, martírios e dor.
Nossas vozes do desespero
Exaure o coração por ti.
O fastio do impuro cai,
A alegria do mestre, sobe.
Meu espelho do sujo pecado
Reflete o vazio d’alma;
Uma cópia da real forma.
Altíssimo, contemple a mim.
O filho da sua tormenta.
Género: