Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Confinamento outra vez

 

Continuemos em isolamento

Ainda que muito nos custe

Vamos todos fazer o ajuste

E pensar melhor de momento

O que é melhor para o futuro

E não tentar saltar o muro.

É para continuar em casa.

Não sair para bater asa!

 

Porque o vírus se transmite

Sem parar. Lançando o isco

A quem não tem medo do risco

E apanha com a dinamite

Sem entraves nem proteção.

Vale mais a nossa prevenção!

É para continuar em casa.

Não sair para bater asa!

 

Já bastam as comunidades

Que o combatem sem parar

Para que possas respirar

Liberto das ansiedades

A que cada um deles está sujeito.

Pensa no que será bem feito!

É para continuar em casa.

Não sair para bater asa!

 

Esta é doença com mau estigma

A que temos que nos cingir

Para que possamos cumprir

Com este novo paradigma.

Espreita os efeitos globais

Respeita os direitos dos demais!

É para continuar em casa.

Não sair para bater asa!

 

14FEV2021

JAMOR

Género: 

Comentários

Em suma: mais estupidez... outra vez!!!

Mais uma vez ciente da sua inteligência.. Quem assim comenta é um humanista perfeito!