Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Depois de mim/depois de ti

 

 

Depois de mim não sei o que virá…

Talvez a mansidão do que vivi

para além do furor sem amanhã

ou da dor tão  vazia que senti.

 

Vejo o memorial do que sofri

antes de ter voltado para cá…

Recordo que vivi muito sem ti

e me senti distante e muito lá.

 

A vida não será depois de mim

o que poderá ser depois de ti,

contudo poderá não ser assim

 

tão simples, que até me comovi,

imaginando um dia o nosso fim

escrito num romance que não li.

 

(batista_oliveira - 2013)

 

Género: