Destino!?

O que é isto?
Uma linha traçada?
Um caminho?
A pessoa amada?
 
O destino é infinito,
Imprevisivel por vezes,
Agora estou contigo,
És o aclmando das minhas oreces.
És quem procurava, 
Depois de tanto tempo...
Finalmente sinto-me valorizada,
Não sinto arrependimento.
 
Quem me dera ter sido mais cedo,
Quem me dera nunca ter existido separação.
És alguem que dá-me alento,
Estás agora presente em meu coração.
Dois corações sozinho,
A dor juntou.
Em dois caminhos, 
O meu coração nunca para trás voltou...
Agora veio do passado,
Estará pronto para amar.
Até parece pecado,
Não quero perder-te. 
Assim como não quero-te deixar,
Não quero-te fazer sofrer...
Ao mesmo tempo quero amar,
Como quero fugir a correr.
 
Sinto-me bem, sinto-me feliz,
Sinto-me estranha, confusa.
Não sei bem o que fez o destino,
Mas quero sentir-me tua.
Género: 
Você votou 'Não gosto'.