Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Dia triste de recordações

 

Triste dia de recordações

 

Hoje o dia amanheceu triste, como triste é o Céu,

O sol lá fora não brilha mais que uma vela triste

Nem sabor, nem cheiro, nem brilho, nem luz. Nada existe!

Do que possa Deus dizer que este dia é seu.

 

Já não sei se o tempo sabe o tempo em que me deixaste

Nem se a sombra triste deste arvoredo é miragem

Não há mais momentos, nem alegrias da tua imagem

Não sei se vivi contigo ou se sonhei que tu precisaste

 

Sei que não consigo partilhar dores ou emoções

Sei que me confundo, em toda a nitidez dos dias

E que não quero recordar o que recordava

 

Não quero mais margem para felizes recordações

Só sei que abandonei tudo porque tu merecias

Eu sei que não amarei mais como te amava

 

JAMOR (2010)

Género: 
Você votou 'Gosto'.