Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Dias cinzentos

Porque falas, amiga, dos dias cinzentos?
Todo o homem é uma incógnita viagem!
Deixa fluir a sombra que desgosta...
O sol sempre a sorrir também é tédio.
Nem sempre o que não temos é  tristeza
e o pranto das nuvens pode ser consolo.

O segredo está na  chuva  que cai,
no seu chorar cantante, transparente ,
  nessa voz que no silêncio chama,
  nesse íntimo sentir que tens dentro do peito.

                                                       Isa Sousa/2017

Género: