Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Doçura

DOÇURA - És bela e calma Qualquer um to poderia dizer Mas não com a alma Como eu o sei fazer O teu nome me faz suspirar Na minha boca como mel O meu coração faz palpitar Na cidade do burel Passeamos de mãos dadas Saboreamos no shopping os gelados Na noite dançamos cantamos e conversamos Mas é sob as estrelas que ficamos deliciados Encontro de carinho e ternura Sedução paixão e prazer Requinte prestígio e candura Este que fazemos acontecer 13-05-2016 In " Prosa Poética de Um Romance Anunciado" de Mário Baptista.

Género: