Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

(Dois)



Eu só queria te mostrar o céu, falar sobre o infinito,

Dizer sobre o amor, e como tudo é bonito. 

Eu só queria que conhecesses o calor, falar também sobre o frio. 
Mostrar que uma  nascente, quando corre sobre a terra pode se transformar em rio. 
Queria falar um pouco sobre coisas banais, sorrir um pouco.
Ouvir o som do silêncio. 
Ficar em paz. 
Queria amar teu rosa, mesmo sendo preta minha cor favorita. 
Dizer que ao usar os dois, talvez fique até mais bonita. 
Eu só queria te mostrar a simplicidade que existe no olhar. 
Dizer que o mundo as vezes é cruel. 
Que existem pessoas boas, que te elevam ao céu.
Dizer também, que a maldade e o ódio caminham ao nosso lado, e tem o sabor do pecado.
Queria olhar em teus olhos, e ainda sentir vontade de te beijar. 
Acreditar que o amanhã talvez possa ser diferente. 
E mesmo que tudo se repita como hoje, seremos melhor em tudo. 
Nos repetiremos inúmeras vezes, e cantaremos viva ao nosso pequeno mundo. 
Eu só queria, a simplicidade que ainda sinto. 
Falar de mim um pouco mais, 
Abraçar apertado, 
Dançar, correr pela estrada. 
Deixar a loucura acontecer. 
Depois? 
Ah! 
Depois... 
Simplesmente em teus braços adormecer.
.

Género: