Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Encruzilhadas

Chega uma altura na vida

Em que de repente meditamos

Sobre a inquietude sentida,

Naquilo em que acreditamos.

 

Na deriva do saber

Remamos contra a maré,

Aprendemos a não ter,

Perdemos a nossa fé.

 

É no mar de encruzilhadas

Que afogamos o passado,

As expectativas falhadas.

 

É pelo presente incerto

Que adotamos um estado

De manter o futuro em aberto.

Género: