Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Estou aí, sentiu?

Mergulho ao máximo

em minhas fantasias, te imagino lendo

relendo minhas mais insanas rimas

A realidade é essa... excitam-te

seduzem as palavras

as expressões que lhe escrevo

num transcender enlouquecido

aos quais agitam meus ser

Sou um amante prolixo

e escrever, faz-me estar mais perto

deslizando minhas mãos

sobre as curvas sinuosas

deste teu ser infinito

Tão belo, quão sinuoso e feminino

Tua mansidão me entorpece

seduz... enfeitiça... sim, teu ser

eu adjetivo em prosa e versos

escrevo assim, imaginando

mergulhado nos delírios

deste teu universo, sim...

assim, para ti mulher

(DiCello, 04/08/2020)   

Género: 
Você votou 'Não gosto'.