Fantasia

Oceanidade

(...)revelem-se todas as
 
porções de eternidade na posse dos tempos
 
Cantem-me todos os Divinos momentos
 
em hinos acalentando
 
ondas de oceanidade perfeita
 
...E decerto multiplicarei tuas praias longínquas
 
com marés de afagos sitiados
 
na fartura da tua graciosidade
 
onde não mais mora a tristeza
 
onde em canções mediterrânicas

Musa inspiradora!

Ela é flor, mesmo numa noite
numa madrugada de luar...é aquela luz
o seu brilho é intenso e toma posse
seduz a minha mansidão com a alma
com o seu sedutor corpo
e delirantes desejos, sensações
além dos mais incríveis anseios
tomam posse do meu ser
Fazendo florescer, aflorar delírios
as mais loucas vontades
E, ao nascer do sol, todas as manhãs
revigora-se Iluminando tudo
num brilhar absoluto
Para enfeitar os dias
e me inspirar com suas curvas,
cada uma das suas linhas

Pages