Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

EU QUERO SER

Eu quero ser

 

Eu quero ser o amor que te completa o coração

Calor que acalma sua ansiedade em beijo quente

E mata seus desejos em apenas um olhar

 

Preciso ser a lua que te conforta na solidão

Que invade sem pedir permissão sua vida

Com íntimos pensamentos a te provocar

 

Permita que seja a noite estrelada a domar sua alma

Aprisionando sua razão em meus braços seguros

Conquistando na minha presença a confiança sua

 

Deixa-me aos poucos te roubar o gosto

Como doce morango em seus lábios úmidos

Na maciez de sua pele entregue nua

 

Sou aquele vulto que te estimula medo

Algum motivo forte em seu corpo frágil

Quero pertencer ao seu mundo e nada mais

 

Renasço vivo como o sol que te sufoca no desejar

Grito de liberdade que invoca em cada eu te amo

Num sentimento contido em volúpia fugaz

 

Eu quero ser muito mais você no sentir

Transformar essa brisa que não sopra em vão

No reencontrar da razão de meu melhor existir

 

Autor: Jorge Jacinto da Silva Junior

Género: